+55 11 5555.4114

Av. Brigadeiro Luís Antonio, 2393 - Conj. 101 - São Paulo - SP - Cep: 011401-000

LEITURA em pauta

O projeto "Leitura no Campo" nasce com o propósito de atualizar o acervo e reestruturar espaços dedicados à leitura: bibliotecas comunitárias, salas de leitura e bibliotecas escolares em várias regiões do país. Acreditamos que com essas práticas podemos reduzir a distância entre o livro e o leitor além de incentivar outras práticas de leitura. 

A primeira inauguração do projeto foi realizada em Não-Me-Toque no dia 18 de junho. Estiveram presentes na inauguração o Prefeito Armando Carlos Roos, Vice-Prefeito Pedro Paulo Falcão da Rosa, Secretária da Educação, Eli Terezinha Xavier Donatti, Representante da Monsanto Carlos Lazaroto, Representante da Rede Educare Teresa Carvalho, Diretora da Escola Ernesto João Cardoso Marina Marmitt, demais Diretoras da Rede Municipal e membros da SME além membros da comunidade. Após as falas oficiais, os convidados e as crianças da escola foram convidados a conhecer o espaço, até então mantido em sigilo pela direção da escola. Todos ficaram surpresos com a disposição dos móveis e livros e se surpreenderam com a diversidade e variedade do acervo e dos jogos educativos.  

Na cidade de Coxilha a inauguração foi realizada no dia 19 de junho de 2018. Na inauguração estavam presentes o Prefeito Ildo José Orth e representantes do poder público, a Secretária de Educação Taniela de Cesaro, Representante da Monsanto Carlos Lazaroto, Representante da Rede Educare Teresa Carvalho, além do corpo técnico escolar.  No evento, as turmas do 6º ano B e 8º ano B, realizaram uma apresentação, auxiliados por acadêmicos de Educação Física. Após as falas oficiais, os convidados e alunos da escola foram conhecer o espaço de leitura. Esse foi um momento relevante para a escola que teve sua biblioteca requalificada e reativada após 3 meses de fechada. 

 

Em ambos os casos foram apontados a importância do projeto para as escolas e a necessidade de ampliação dessa ação nesses territórios para que outras escolas sejam contempladas. Sendo o único espaço de leitura adequado para crianças em suas regiões, as escolas também se comprometeram em receber outras escolas e disponibilizar o acervo para a comunidade em geral. Estão previstas mais de 9 unidades do "Leitura no Campo" em diversas cidades do Brasil. Aguardem notícias no próximo Newsletter.